Sexta-feira
05 de Março de 2021 - 
Toda questão possui dois lados, eu ficarei do seu!
“Cometer injustiça é pior do que sofrê-la” (Platão)
“Interpretar a lei é revelar o pensamento, que anima as suas palavras” (Clóvis B ...
“As leis são sempre úteis aos que possuem e nocivas aos que nada têm” (Jean-Jac ...
“O fim do Direito não é abolir nem restringir, mas preservar e ampliar a liberda ...
"As leis abundam nos Estados mais corruptos" (Tácito)
“A mais bela função da humanidade é a de administrar a justiça” (Voltaire)
"Avocatus non ladrum" (Santo Ivo)
“A injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça por toda parte” (Martin Lu ...

Controle de Processos

Utilize seu login e senha.

Informativos E-mail

Cadastre seu e-mail aqui.

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,73 5,73
EURO 6,92 6,92

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Últimas notícias

Presidente Voltaire destaca importância da mediação e conciliação em abertura de evento do CNJ

O Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Voltaire de Lima Moraes, participou na manhã desta segunda-feira da cerimônia virtual de abertura do evento “II Democratizando o Acesso à Justiça: Justiça Social e o Poder Judiciário no Século XXI”, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça, por meio da Comissão Permanente de Democratização e Aperfeiçoamento dos Serviços Judiciários, atendendo convite encaminhado pela coordenadora do encontro, Conselheira do CNJ, Juíza do Trabalho Flávia Pessoa. Em sua manifestação, o Desembargador Voltaire, que também preside o Conselho dos Tribunais de Justiça, destacou a necessidade do incentivo às conciliações e mediações no âmbito do Poder Judiciário, lembrando da atuação promovida por persos CEJUSCs. “É preciso que possamos encontrar respostas mais rápidas em relação às demandas encaminhadas pela sociedade e a conciliação é muito importante para que isso possa ser efetivamente resolvido”. O Presidente do Conselho defendeu a realização de um mutirão, englobando as Faculdades de Direito, para a expansão da cultura da mediação. A Conselheira Flávia Pessoa lembrou que a iniciativa tem como principal objetivo o debate acerca da construção de projetos destinados ao combate da discriminação, do preconceito da desigualdade de raça, gênero, condição física, orientação sexual, religiosa e de outros valores ou direitos protegidos pela Constituição Federal de 1988. A abertura também contou com as participações dos Ministros do STJ Herman Benjamin, e do TST, Luiz Philippe Vieira de Mello Filho, atual Vice-Presidência da Corte, e do Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho, Ministro Aloysio Corrêa da Veiga, além de dirigentes e representantes de entidades de classe, magistrados e Advogados.
22/02/2021 (00:00)
Visitas no site:  279042
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.