Segunda-feira
23 de Outubro de 2017 - 
Toda questão possui dois lados, eu ficarei do seu!
“Cometer injustiça é pior do que sofrê-la” (Platão)
“Interpretar a lei é revelar o pensamento, que anima as suas palavras” (Clóvis Bevilaqua)
“As leis são sempre úteis aos que possuem e nocivas aos que nada têm” (Jean-Jacques Rousseau)
“O fim do Direito não é abolir nem restringir, mas preservar e ampliar a liberdade” (John Locke)
"As leis abundam nos Estados mais corruptos" (Tácito)
“A mais bela função da humanidade é a de administrar a justiça” (Voltaire)
"Avocatus non ladrum" (Santo Ivo)
“A injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça por toda parte” (Martin Luther King Jr.)

Controle de Processos

Utilize seu login e senha.

Informativos E-mail

Cadastre seu e-mail aqui.

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,18 3,18
EURO 3,75 3,75

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,14% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Últimas notícias

Integrantes gaúchos do Comitê da Saúde do CNJ conhecem o Sistema de Regulação Ambulatorial e de Internação da Secretaria de Saúde da capital

Os Sistemas GERCON , GERINT e GERPAC foram apresentados pelo médico coordenador do complexo regulador da Secretaria Municipal de Porto Alegre, Jorge Osório. Foram desenvolvidos através de uma parceria entre a PROCEMPA e a Secretaria Estadual de Saúde. O coordenador esclareceu que o gerenciamento de consultas já está implantado e a regulação de internações está em desenvolvimento pela SMS. Este complexo de informações servirá para o gestor público acompanhar em tempo real a oferta e a demanda, a fim de melhorar a contratualidade entre o gestor e o prestador. Com estes Sistemas também será possível ao cidadão acompanhar, através de um aplicativo, a situação real de sua posição em determinada fila de espera para atendimento. Integrantes do Comitê da Saúde do CNJ/RSestiveram no auditório do Palácio da Justiça Na reunião, ficou estabelecido que os desenvolvedores destes Sistemas vão possibiltar o acesso aos integrantes das instituições do Sistema de Justiça. "Esta será uma forma de avaliar qual a situação do cidadão junto ao gestor público, antes de deferir uma medida cautelar¿, comentou o Desembargador Martin Schulze, Coordenador do Comitê Executivo Estadual do Rio Grande do Sul no Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde do CNJ. De acordo com o Magistrado, "as ferramentas são inéditas no país e com as mesmas espera-se melhorar a qualidade da prestação do serviço público de saúde, bem como melhorar a forma de remuneração dos prestadores, com melhor aplicação dos recursos públicos". A reunião foi realizada na terça-feira, 18/4, no Auditório Desembargador Osvaldo Stefanello, no Palácio da Justiça, em Porto Alegre. EXPEDIENTETexto: Patrícia CavalheiroAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tj.rs.gov.br
20/04/2017 (00:00)
Visitas no site:  123063
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.