Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 - 
Toda questão possui dois lados, eu ficarei do seu!
“Cometer injustiça é pior do que sofrê-la” (Platão)
“Interpretar a lei é revelar o pensamento, que anima as suas palavras” (Clóvis B ...
“As leis são sempre úteis aos que possuem e nocivas aos que nada têm” (Jean-Jac ...
“O fim do Direito não é abolir nem restringir, mas preservar e ampliar a liberda ...
"As leis abundam nos Estados mais corruptos" (Tácito)
“A mais bela função da humanidade é a de administrar a justiça” (Voltaire)
"Avocatus non ladrum" (Santo Ivo)
“A injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça por toda parte” (Martin Lu ...

Controle de Processos

Utilize seu login e senha.

Informativos E-mail

Cadastre seu e-mail aqui.

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
29ºC
Min
18ºC
Poss. de Panc. de Ch

Quinta-feira - Rio de Janeiro, RJ

Máx
28ºC
Min
19ºC
Pancadas de Chuva a

Sexta-feira - Rio de Janeiro, RJ

Máx
24ºC
Min
18ºC
Chuvas Isoladas

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,14 4,14
EURO 4,84 4,84

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Últimas notícias

Assembleia distingue estudantes com Prêmio Jovem Cientista

Em solenidade realizada na manhã desta quarta-feira (11), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), entregou o Prêmio Jovem Cientista aos estudantes classificados nos três primeiros lugares na 29ª Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), promovida pela Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo e realizada no final do ano de 2017. Os projetos laureados são de autoria dos jovens Juliana Davoglio Estradioto, Eduardo da Paz Rodrigues e Victória Raupp. 1º Lugar: Juliana Davoglio EstradiotoEscola: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus OsórioProjeto: Tratamento de efluentes têxteis através de resíduos agroindustriais provenientes do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 2º Lugar – Eduardo da Paz RodriguesEscola: QI Faculdade e Escola TécnicaProjeto: Cadeira de rodas automatizdas com controle de voz ou Movimentos (Olhos e Cabeça) 3º Lugar: Victória RauppEscola: Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da CunhaProjeto: Dispositivo inpidual de Contagem (DIC) PrêmioO Prêmio foi criado em 2009 e é regulado pela Resolução de Plenário 3.046/2009 e pela Resolução de Mesa 978/10. A distinção visa reconhecer e incentivar as pesquisas científicas e tecnológicas desenvolvidas por alunos de escolas de ensino médio e da educação profissional de nível técnico do Rio Grande do Sul. Além do diploma, os alunos agraciados recebem passagem e estadia para participar da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que este ano acontece entre os dias 22 e 28 de julho, na Universidade Federal do Alagoas (UFAL) - Maceió, AL, com o tema Ciência, Responsabilidade Social e Soberania. Ao conceder a viagem e a estadia dos estudantes premiados na reunião anual da SBPC, a Assembleia Legislativa viabiliza que esses jovens participem do mais importante processo de intercâmbio e debate científico do Brasil, reconhecido internacionalmente como uma agenda que reúne pesquisadores e cientistas com atuação em âmbito internacional. Durante a reunião, os premiados pela Assembleia convivem e trocam experiências em exposições, oficinas e seminário com colegas do Brasil e do Exterior. A avaliação dos projetos apresentados pelos estudantes é absolutamente técnica, por meio de comissão julgadora formada por professores da Escola Técnica Liberato. ManifestaçõesAo se pronunciar, dirigindo-se especialmente aos estudantes premiados, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos, declarou que o Parlamento fica lisonjeado em agraciá-los. “Vocês pertencem, junto com professores e diretores, a um grupo raro de pessoas, em nosso país, que acreditam na pesquisa como geradora de desenvolvimento”. Marlon salientou que a Assembleia Legislativa tem preocupação com educação e pesquisa. “Em todas as Comissões a gente vê essa defesa ferrenha da pesquisa. Façam da Assembleia um ancoradouro”, estimulou. O presidente alertou, ainda, sobre os problemas com o registro e a concessão de marcas e patentes de estudos e pesquisa ligados a ciência e tecnologia e também sobre a pouca valorização do trabalho realizado por jovens pesquisadores. Por sua vez, o diretor-executivo da Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, Ramon Fernando Hans, agradeceu a Assembleia pelo reconhecimento da Mostratec e ao trabalho desenvolvido pela Escola. “O reconhecimento do Legislativo proporciona aos alunos a entrada ao mundo dos pesquisadores para que eles possam seguir seu trabalho na área da pesquisa. A estudante Juliana Davoglio Estradioto,  representando os agraciados, agradeceu ao prêmio concedido e destacou o estímulo aos jovens pesquisadores gaúchos para continuar persistindo na ciência. “Esse caminho tem uma capacidade transfonadora”, garantiu. Além dos estudantes premiados e do presidente da Assembleia, estavam presentes ao evento o secretário estadual da Educação, Ronaldo Krummenauer; o diretor-executivo da Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, Ramon Fernando Hans; a coordenadora-geral da Mostratec, Solange Romeiro; os professores-orientadores das pesquisas, Flávia Twardowski Pinto, Rodrigo Moreira Barreto e Sandro Heleno Auler; o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Osório, Eduardo Girotto; a diretora da QI Faculdade e Escola Técnica, Regina Teixeira; a diretora Administrativa Financeira da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado, Patrícia Seger de Camargo, diretores e professores das instituições Fundação Liberato, IFRS e QI Faculdade Escola e familiares dos estudantes premiados.
11/07/2018 (00:00)
Visitas no site:  148430
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.