Quinta-feira
15 de Novembro de 2018 - 
Toda questão possui dois lados, eu ficarei do seu!
“Cometer injustiça é pior do que sofrê-la” (Platão)
“Interpretar a lei é revelar o pensamento, que anima as suas palavras” (Clóvis B ...
“As leis são sempre úteis aos que possuem e nocivas aos que nada têm” (Jean-Jac ...
“O fim do Direito não é abolir nem restringir, mas preservar e ampliar a liberda ...
"As leis abundam nos Estados mais corruptos" (Tácito)
“A mais bela função da humanidade é a de administrar a justiça” (Voltaire)
"Avocatus non ladrum" (Santo Ivo)
“A injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça por toda parte” (Martin Lu ...

Controle de Processos

Utilize seu login e senha.

Informativos E-mail

Cadastre seu e-mail aqui.

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
36ºC
Min
21ºC
Pancadas de Chuva a

Sexta-feira - Rio de Janeiro, RJ

Máx
28ºC
Min
20ºC
Chuva

Sábado - Rio de Janeiro, RJ

Máx
31ºC
Min
21ºC
Poss. de Panc. de Ch

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,79 3,79
EURO 4,30 4,30

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Últimas notícias

Assembleia distingue estudantes com Prêmio Jovem Cientista

Em solenidade realizada na manhã desta quarta-feira (11), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), entregou o Prêmio Jovem Cientista aos estudantes classificados nos três primeiros lugares na 29ª Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), promovida pela Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo e realizada no final do ano de 2017. Os projetos laureados são de autoria dos jovens Juliana Davoglio Estradioto, Eduardo da Paz Rodrigues e Victória Raupp. 1º Lugar: Juliana Davoglio EstradiotoEscola: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus OsórioProjeto: Tratamento de efluentes têxteis através de resíduos agroindustriais provenientes do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 2º Lugar – Eduardo da Paz RodriguesEscola: QI Faculdade e Escola TécnicaProjeto: Cadeira de rodas automatizdas com controle de voz ou Movimentos (Olhos e Cabeça) 3º Lugar: Victória RauppEscola: Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da CunhaProjeto: Dispositivo inpidual de Contagem (DIC) PrêmioO Prêmio foi criado em 2009 e é regulado pela Resolução de Plenário 3.046/2009 e pela Resolução de Mesa 978/10. A distinção visa reconhecer e incentivar as pesquisas científicas e tecnológicas desenvolvidas por alunos de escolas de ensino médio e da educação profissional de nível técnico do Rio Grande do Sul. Além do diploma, os alunos agraciados recebem passagem e estadia para participar da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que este ano acontece entre os dias 22 e 28 de julho, na Universidade Federal do Alagoas (UFAL) - Maceió, AL, com o tema Ciência, Responsabilidade Social e Soberania. Ao conceder a viagem e a estadia dos estudantes premiados na reunião anual da SBPC, a Assembleia Legislativa viabiliza que esses jovens participem do mais importante processo de intercâmbio e debate científico do Brasil, reconhecido internacionalmente como uma agenda que reúne pesquisadores e cientistas com atuação em âmbito internacional. Durante a reunião, os premiados pela Assembleia convivem e trocam experiências em exposições, oficinas e seminário com colegas do Brasil e do Exterior. A avaliação dos projetos apresentados pelos estudantes é absolutamente técnica, por meio de comissão julgadora formada por professores da Escola Técnica Liberato. ManifestaçõesAo se pronunciar, dirigindo-se especialmente aos estudantes premiados, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos, declarou que o Parlamento fica lisonjeado em agraciá-los. “Vocês pertencem, junto com professores e diretores, a um grupo raro de pessoas, em nosso país, que acreditam na pesquisa como geradora de desenvolvimento”. Marlon salientou que a Assembleia Legislativa tem preocupação com educação e pesquisa. “Em todas as Comissões a gente vê essa defesa ferrenha da pesquisa. Façam da Assembleia um ancoradouro”, estimulou. O presidente alertou, ainda, sobre os problemas com o registro e a concessão de marcas e patentes de estudos e pesquisa ligados a ciência e tecnologia e também sobre a pouca valorização do trabalho realizado por jovens pesquisadores. Por sua vez, o diretor-executivo da Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, Ramon Fernando Hans, agradeceu a Assembleia pelo reconhecimento da Mostratec e ao trabalho desenvolvido pela Escola. “O reconhecimento do Legislativo proporciona aos alunos a entrada ao mundo dos pesquisadores para que eles possam seguir seu trabalho na área da pesquisa. A estudante Juliana Davoglio Estradioto,  representando os agraciados, agradeceu ao prêmio concedido e destacou o estímulo aos jovens pesquisadores gaúchos para continuar persistindo na ciência. “Esse caminho tem uma capacidade transfonadora”, garantiu. Além dos estudantes premiados e do presidente da Assembleia, estavam presentes ao evento o secretário estadual da Educação, Ronaldo Krummenauer; o diretor-executivo da Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, Ramon Fernando Hans; a coordenadora-geral da Mostratec, Solange Romeiro; os professores-orientadores das pesquisas, Flávia Twardowski Pinto, Rodrigo Moreira Barreto e Sandro Heleno Auler; o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Osório, Eduardo Girotto; a diretora da QI Faculdade e Escola Técnica, Regina Teixeira; a diretora Administrativa Financeira da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado, Patrícia Seger de Camargo, diretores e professores das instituições Fundação Liberato, IFRS e QI Faculdade Escola e familiares dos estudantes premiados.
11/07/2018 (00:00)
Visitas no site:  153090
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.